sexta-feira, 10 de abril de 2015

Fotografia: Jornal da Madeira



O grupo TAP fechou 2014 com prejuízos de 85,1 milhões de euros.

O grupo TAP fechou 2014 com prejuízos de 85,1 milhões de euros, valor que representa um agravamento de 79,2 milhões de euros face aos 5,9 milhões de euros registados em 2013, resultado do agravamento da prestação do transporte aéreo.

Já a TAP - Manutenção e Engenharia do Brasil registou um prejuízo de 22,6 milhões de euros, uma melhoria em 17,7 milhões de euros face ao ano anterior (45%), naquele que é o quarto ano de um plano de reestruturação da empresa que historicamente é a responsável pelos prejuízos do grupo.


Em 2014, o resultado líquido refletiu a atividade do transporte aéreo (TAP SA), que, como foi divulgado, passou de um lucro de 34 milhões de euros para prejuízos de 46,4 milhões de euros.


Portugal - Prejuízos da TAP agravaram-se em 2014

Fotografia: Jornal da Madeira



O grupo TAP fechou 2014 com prejuízos de 85,1 milhões de euros.

O grupo TAP fechou 2014 com prejuízos de 85,1 milhões de euros, valor que representa um agravamento de 79,2 milhões de euros face aos 5,9 milhões de euros registados em 2013, resultado do agravamento da prestação do transporte aéreo.

Já a TAP - Manutenção e Engenharia do Brasil registou um prejuízo de 22,6 milhões de euros, uma melhoria em 17,7 milhões de euros face ao ano anterior (45%), naquele que é o quarto ano de um plano de reestruturação da empresa que historicamente é a responsável pelos prejuízos do grupo.


Em 2014, o resultado líquido refletiu a atividade do transporte aéreo (TAP SA), que, como foi divulgado, passou de um lucro de 34 milhões de euros para prejuízos de 46,4 milhões de euros.


quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

(Fotografia: Jeroen Juelet/AFP/Getty Images)

 

Um homem armado e com um refém invadiu, nesta quinta-feira, o jornal da noite da estação holandesa “NOS”.

 

Nesta quinta-feira, um homem armado invadiu o edifício da rede de televisão pública holandesa “NOS”, na cidade de Hilversum, Holanda, durante a transmissão do jornal da noite.

A emissão do jornal das 20h (19h em Lisboa) foi rapidamente cortada.

O homem pediu ainda dez minutos de tempo de antena, mas as motivações são ainda desconhecidas.

Segundo o site do jornal “De Telegraaf”, os funcionários da estação foram ainda obrigados a abandonar o seu local de trabalho.

O portal online da rede “NOS” afirma que “o edifício foi evacuado depois de um homem armado ter entrado na redação” e que “o homem pediu para entrar ao vivo no telejornal”.

Segundo a agência EFE, o diretor da “NOS”, Jan de Jong, disse, em declarações à estação pública “Radio 1”, que “o homem armado, que já foi detido, entrou no prédio com um refém”.

Holanda – Homem armado invade jornal da noite

(Fotografia: Jeroen Juelet/AFP/Getty Images)

 

Um homem armado e com um refém invadiu, nesta quinta-feira, o jornal da noite da estação holandesa “NOS”.

 

Nesta quinta-feira, um homem armado invadiu o edifício da rede de televisão pública holandesa “NOS”, na cidade de Hilversum, Holanda, durante a transmissão do jornal da noite.

A emissão do jornal das 20h (19h em Lisboa) foi rapidamente cortada.

O homem pediu ainda dez minutos de tempo de antena, mas as motivações são ainda desconhecidas.

Segundo o site do jornal “De Telegraaf”, os funcionários da estação foram ainda obrigados a abandonar o seu local de trabalho.

O portal online da rede “NOS” afirma que “o edifício foi evacuado depois de um homem armado ter entrado na redação” e que “o homem pediu para entrar ao vivo no telejornal”.

Segundo a agência EFE, o diretor da “NOS”, Jan de Jong, disse, em declarações à estação pública “Radio 1”, que “o homem armado, que já foi detido, entrou no prédio com um refém”.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

(Fotografia: Notícias Grande Lisboa)

 

Autoridade Tributária e Aduaneira apreende mais de 44 quilos de droga no Aeroporto de Lisboa. Cidadão brasileiro fica detido.

 

Segundo notícia avançada pela Rádio Renascença, foram apreendidos mais de 44 quilos de cocaína, escondida em malas no Aeroporto da Portela, Lisboa.

A mesma fonte adianta ainda que foi detido um cidadão brasileiro de 28 anos e que tanto a droga como o passageiro foram entregues à Polícia Judiciária (PJ).

O passageiro era proveniente de Belo Horizonte e foi detido “obedecendo a critérios de análise de risco e técnicas de inspeção desenvolvidas pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT)”.

A Rádio Renascença cita ainda a AT: “a droga vinha escondida em duas malas de porão e encontrava-se ‘sob a forma de tijolos, dissimulado entre pó de café e serviria para a distribuição em, pelo menos, 224 400 doses individuais’”.

Esta é uma das maiores apreensões de droga alguma vez realizada em aeroportos portugueses.

País – Apreendidas mais de 44 quilos de cocaína

(Fotografia: Notícias Grande Lisboa)

 

Autoridade Tributária e Aduaneira apreende mais de 44 quilos de droga no Aeroporto de Lisboa. Cidadão brasileiro fica detido.

 

Segundo notícia avançada pela Rádio Renascença, foram apreendidos mais de 44 quilos de cocaína, escondida em malas no Aeroporto da Portela, Lisboa.

A mesma fonte adianta ainda que foi detido um cidadão brasileiro de 28 anos e que tanto a droga como o passageiro foram entregues à Polícia Judiciária (PJ).

O passageiro era proveniente de Belo Horizonte e foi detido “obedecendo a critérios de análise de risco e técnicas de inspeção desenvolvidas pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT)”.

A Rádio Renascença cita ainda a AT: “a droga vinha escondida em duas malas de porão e encontrava-se ‘sob a forma de tijolos, dissimulado entre pó de café e serviria para a distribuição em, pelo menos, 224 400 doses individuais’”.

Esta é uma das maiores apreensões de droga alguma vez realizada em aeroportos portugueses.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

(Fotografia: Catraca Livre)

WhatsApp, já disponível no seu computador pessoal.

 

Se é utilizador assíduo do WhatsApp mas lamenta que este seja um aplicativo limitado aos dispositivos móveis, a sua espera terminou!

Este aplicativo de mensagens instantâneas lançou esta semana uma versão para computadores.

O acesso ao serviço faz-se com o auxílio de um browser, uma vez que o programa ainda só está disponível na web.

Ao que o A Comunicar apurou, só os utilizadores do Google Chrome terão acesso a esta nova versão do WhatsApp, pelo que esta inovação ainda não está ao alcance de todos os navegadores.

Mesmo os utilizadores da App no iPhone estão excluídos desta novidade, algo que a companhia explica com as “limitações da plataforma da Apple” (iOS).

 

Internet – WhatsApp já tem versão para PC

(Fotografia: Catraca Livre)

WhatsApp, já disponível no seu computador pessoal.

 

Se é utilizador assíduo do WhatsApp mas lamenta que este seja um aplicativo limitado aos dispositivos móveis, a sua espera terminou!

Este aplicativo de mensagens instantâneas lançou esta semana uma versão para computadores.

O acesso ao serviço faz-se com o auxílio de um browser, uma vez que o programa ainda só está disponível na web.

Ao que o A Comunicar apurou, só os utilizadores do Google Chrome terão acesso a esta nova versão do WhatsApp, pelo que esta inovação ainda não está ao alcance de todos os navegadores.

Mesmo os utilizadores da App no iPhone estão excluídos desta novidade, algo que a companhia explica com as “limitações da plataforma da Apple” (iOS).

 

(Fotografia: Sol)

Luz verde para a venda da PT Portugal à Altice.

 

Segundo avançou a Lusa no final da tarde desta quinta-feira, a venda da PT Portugal aos franceses da Altice foi aprovada quase por unanimidade.

A mesma nota adianta ainda que 97,81% dos acionistas votaram a favor do negócio.

 

País – PT Portugal vai mesmo ser vendida à Altice

(Fotografia: Sol)

Luz verde para a venda da PT Portugal à Altice.

 

Segundo avançou a Lusa no final da tarde desta quinta-feira, a venda da PT Portugal aos franceses da Altice foi aprovada quase por unanimidade.

A mesma nota adianta ainda que 97,81% dos acionistas votaram a favor do negócio.

 

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Cruzamento onde se terá dado o tiroteio.

Cruzamento onde se terá dado o tiroteio. (Fotografia: Google Street View)

 

A Bélgica está em estado de alerta, depois de uma operação antiterrorista que resultou em dois mortos e um detido.

 

Uma operação antiterrorista esteve na origem de um tiroteio junto à estação de metro de Verviers, na província de Liège (Bélgica), que resultou na morte de dois jihadistas. Um outro acabou detido pelas autoridades.

Os homens, que teriam recentemente regressado da Síria, estariam a preparar um atentado naquele país e faziam parte de uma rede internacional terrorista.

A informação já foi confirmada por um porta-voz da polícia belga, que indicou que “estava iminente um ataque terrorista em Bruxelas”. A mesma fonte indicou ainda que os homens abriram fogo contra a polícia logo após terem sido localizados e, por isso, dois deles foram abatidos e um outro foi intersetado.

Várias testemunhas relataram que se ouviram várias explosões e dezenas de tiros junto ao número 16 da Rue de Coline (cruzamento com a Rue des Écoles), perto da estação de Verviers, nesta quinta-feira.

 

 Vídeo amador, gravado no momento do assalto. (por Frédéric Hausman)

 

Devido aos acontecimentos de hoje, as autoridades belgas decidiram subir o alerta terrorista para nível quatro numa escala de cinco, estando a decorrer uma investigação sobre do caso. “Não podemos avançar mais informações”, adiantou ainda o responsável.

 

Uma operação a nível nacional

Alegadamente, este não foi um caso isolado. A brigada antiterrorismo belga realizou assaltos deste género, sendo este o único que se destacou pelos motivos evidentes.

Sabe-se que a operação decorreu também noutras cidades, das quais se destacam Bruxelas (capital), Molenbeek-Saint-Jean, Zaventem, Vilvorde e Schaerbeek.

Há já evidências que apontam a Bélgica como sendo um dos países onde são adquiridas as armas usadas pelos terroristas em atentados na Europa. Por exemplo, as armas usadas por Amedy Coulibaly no ataque ao supermercado judaico teriam sido compradas no mercado negro belga.

Algumas fontes indicam que esta operação foi coordenada entre sete países diferentes, nos quais decorreu em simultâneo.

 

Fotografia retirada do Expresso.

 

Bélgica – Operação antiterrorista resulta em dois mortos

Cruzamento onde se terá dado o tiroteio.

Cruzamento onde se terá dado o tiroteio. (Fotografia: Google Street View)

 

A Bélgica está em estado de alerta, depois de uma operação antiterrorista que resultou em dois mortos e um detido.

 

Uma operação antiterrorista esteve na origem de um tiroteio junto à estação de metro de Verviers, na província de Liège (Bélgica), que resultou na morte de dois jihadistas. Um outro acabou detido pelas autoridades.

Os homens, que teriam recentemente regressado da Síria, estariam a preparar um atentado naquele país e faziam parte de uma rede internacional terrorista.

A informação já foi confirmada por um porta-voz da polícia belga, que indicou que “estava iminente um ataque terrorista em Bruxelas”. A mesma fonte indicou ainda que os homens abriram fogo contra a polícia logo após terem sido localizados e, por isso, dois deles foram abatidos e um outro foi intersetado.

Várias testemunhas relataram que se ouviram várias explosões e dezenas de tiros junto ao número 16 da Rue de Coline (cruzamento com a Rue des Écoles), perto da estação de Verviers, nesta quinta-feira.

 

 Vídeo amador, gravado no momento do assalto. (por Frédéric Hausman)

 

Devido aos acontecimentos de hoje, as autoridades belgas decidiram subir o alerta terrorista para nível quatro numa escala de cinco, estando a decorrer uma investigação sobre do caso. “Não podemos avançar mais informações”, adiantou ainda o responsável.

 

Uma operação a nível nacional

Alegadamente, este não foi um caso isolado. A brigada antiterrorismo belga realizou assaltos deste género, sendo este o único que se destacou pelos motivos evidentes.

Sabe-se que a operação decorreu também noutras cidades, das quais se destacam Bruxelas (capital), Molenbeek-Saint-Jean, Zaventem, Vilvorde e Schaerbeek.

Há já evidências que apontam a Bélgica como sendo um dos países onde são adquiridas as armas usadas pelos terroristas em atentados na Europa. Por exemplo, as armas usadas por Amedy Coulibaly no ataque ao supermercado judaico teriam sido compradas no mercado negro belga.

Algumas fontes indicam que esta operação foi coordenada entre sete países diferentes, nos quais decorreu em simultâneo.

 

Fotografia retirada do Expresso.

 

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

(Imagem: Mashable)

 

Poderá o Estado Islâmico (EI) representar uma ameaça também na Internet? A resposta afirmativa parece mais evidente do que nunca.

 

Nesta segunda-feira, um grupo de hackers – que afirma ter ligações com o EI – conseguiu entrar nas contas oficiais do Comando Central do exército americano (CENTCOM) no Youtube e no Twitter.

O grupo autodenomina-se Cyber Caliphate (Ciber Califado) e conseguiu alterar as imagens de perfil das contas do CENTCOM para os próprios avatares do grupo, bem como tweetar algumas mensagens.

Entre as mensagens deixadas pelo grupo, destacam-se alusões à Jihad e algumas ameaças: “Soldados americanos! Estamos de olho em vocês!”, “O Estado Islâmico já chegou, já estamos nos vossos computadores em em cada base militar. Com a permissão de Alá, estamos no CENTCOM.”

Segundo o Mashable, esta não é a primeira vez que o Cyber Caliphate se apropria de contas nas redes sociais. Na semana passada, o grupo conseguiu obter acesso à conta oficial do Albuquerque Journal e do WBOC.

Entretanto, Josh Earnest, responsável de imprensa da Casa Branca, afirmou durante uma conferência que “há uma enorme diferença entre uma grande fuga de dados e uma invasão a uma conta do Twitter”.

 

Imagem: Mashable

 

O A Comunicar confirmou que a conta do CENTCOM no Twitter se encontra suspensa, no momento da publicação deste artigo.

EI – Hackers da Jihad invadem Twitter do CENTCOM

(Imagem: Mashable)

 

Poderá o Estado Islâmico (EI) representar uma ameaça também na Internet? A resposta afirmativa parece mais evidente do que nunca.

 

Nesta segunda-feira, um grupo de hackers – que afirma ter ligações com o EI – conseguiu entrar nas contas oficiais do Comando Central do exército americano (CENTCOM) no Youtube e no Twitter.

O grupo autodenomina-se Cyber Caliphate (Ciber Califado) e conseguiu alterar as imagens de perfil das contas do CENTCOM para os próprios avatares do grupo, bem como tweetar algumas mensagens.

Entre as mensagens deixadas pelo grupo, destacam-se alusões à Jihad e algumas ameaças: “Soldados americanos! Estamos de olho em vocês!”, “O Estado Islâmico já chegou, já estamos nos vossos computadores em em cada base militar. Com a permissão de Alá, estamos no CENTCOM.”

Segundo o Mashable, esta não é a primeira vez que o Cyber Caliphate se apropria de contas nas redes sociais. Na semana passada, o grupo conseguiu obter acesso à conta oficial do Albuquerque Journal e do WBOC.

Entretanto, Josh Earnest, responsável de imprensa da Casa Branca, afirmou durante uma conferência que “há uma enorme diferença entre uma grande fuga de dados e uma invasão a uma conta do Twitter”.

 

Imagem: Mashable

 

O A Comunicar confirmou que a conta do CENTCOM no Twitter se encontra suspensa, no momento da publicação deste artigo.

domingo, 11 de janeiro de 2015

Imagem ilustrativa.

 

Nunca quis ser modelo de conduta para ninguém. Mesmo que fosse a pior pessoa do mundo, os meus colegas mais novos nunca me iriam ver sob tais máximas.

 

A arfar, dada a pressa iminente, paro debaixo da porta da nossa sala e anuncio a minha chegada, pondo em seguida o relógio no cacifo.

- Miguel, hoje vou-te ganhar! - exclama uma voz a 20 anos biológicos da minha.

Entrando agora pelo balneário, deparo-me muitas vezes com conversas ou macacadas que naquela idade eu, olhando agora atrás, acho que não tinha. Só algumas. Não resisto, dou os meus dois centavos na matéria, tenha eu voto nela, que a idade afinal de contas é um número só e assim talvez não saiba muito mais que qualquer um deles.

Pois, ora, um miúdo de 9 anos saber o que é o cóccix - a título de exemplo - põe-o quase ao mesmo nível que muita malta de 18 anos. Culpa desses últimos, a que um dia todos, em boa fortuna, chegamos ou chegámos, mas ao testemunhar as ditas mentes, a maioria ainda por corromper pela vida, penso para mim mesmo na possibilidade de nem toda a juventude estar, de futuro, sem rei nem roque. Talvez o problema seja crescer, venha daí uma saudação ao Peter Pan.

Conclusão? Nunca quis ser modelo de conduta para ninguém, mas neste caso torna-se inevitável porque, mesmo que fosse a pior pessoa do mundo, os meus colegas mais novos nunca me iriam ver sob tais máximas. Isso e que aprender é para os dois lados.

PS: E desaprender é ainda mais rápido.

 

Miguel Cardoso
(texto)

Crónica – Os miúdos (por Miguel Cardoso)

Imagem ilustrativa.

 

Nunca quis ser modelo de conduta para ninguém. Mesmo que fosse a pior pessoa do mundo, os meus colegas mais novos nunca me iriam ver sob tais máximas.

 

A arfar, dada a pressa iminente, paro debaixo da porta da nossa sala e anuncio a minha chegada, pondo em seguida o relógio no cacifo.

- Miguel, hoje vou-te ganhar! - exclama uma voz a 20 anos biológicos da minha.

Entrando agora pelo balneário, deparo-me muitas vezes com conversas ou macacadas que naquela idade eu, olhando agora atrás, acho que não tinha. Só algumas. Não resisto, dou os meus dois centavos na matéria, tenha eu voto nela, que a idade afinal de contas é um número só e assim talvez não saiba muito mais que qualquer um deles.

Pois, ora, um miúdo de 9 anos saber o que é o cóccix - a título de exemplo - põe-o quase ao mesmo nível que muita malta de 18 anos. Culpa desses últimos, a que um dia todos, em boa fortuna, chegamos ou chegámos, mas ao testemunhar as ditas mentes, a maioria ainda por corromper pela vida, penso para mim mesmo na possibilidade de nem toda a juventude estar, de futuro, sem rei nem roque. Talvez o problema seja crescer, venha daí uma saudação ao Peter Pan.

Conclusão? Nunca quis ser modelo de conduta para ninguém, mas neste caso torna-se inevitável porque, mesmo que fosse a pior pessoa do mundo, os meus colegas mais novos nunca me iriam ver sob tais máximas. Isso e que aprender é para os dois lados.

PS: E desaprender é ainda mais rápido.

 

Miguel Cardoso
(texto)

Fotografia: Reuteurs

  

Mais de um milhão de pessoas e 40 líderes mundiais estão nas ruas de Paris, em protesto contra o extremismo radical.

 

Mais de um milhão de pessoas estão nas ruas de Paris, numa manifestação de homenagem às vítimas dos atentados que assolaram a capital francesa na última semana, bem como em protesto contra o extremismo radical.

De igual forma, 40 líderes mundiais – nos quais se inclui Pedro Passos Coelho – irão também participar na marcha, o que levou o presidente francês François Hollande a afirmar que “hoje, Paris é a capital do mundo”.

França está ainda em alerta máximo depois dos vários atentados, pelo que está em curso uma operação policial de segurança que envolve cerca de 2200 agentes da polícia nas ruas, bem como 1350 militares. Vários atiradores furtivos – snipers – estão também nos telhados e as brigadas de desativação de explosivos estão em alerta.

 

 

Manuel Valls, primeiro-ministro francês, disse que o país está em “guerra contra o terrorismo” e pediu aos franceses que aderissem de forma “numerosa” às marchas, neste que será um evento “inédito” e “forte” para “mostrar o poder e dignidade dos franceses”.

 

França – Mundo une-se na luta contra o terrorismo

Fotografia: Reuteurs

  

Mais de um milhão de pessoas e 40 líderes mundiais estão nas ruas de Paris, em protesto contra o extremismo radical.

 

Mais de um milhão de pessoas estão nas ruas de Paris, numa manifestação de homenagem às vítimas dos atentados que assolaram a capital francesa na última semana, bem como em protesto contra o extremismo radical.

De igual forma, 40 líderes mundiais – nos quais se inclui Pedro Passos Coelho – irão também participar na marcha, o que levou o presidente francês François Hollande a afirmar que “hoje, Paris é a capital do mundo”.

França está ainda em alerta máximo depois dos vários atentados, pelo que está em curso uma operação policial de segurança que envolve cerca de 2200 agentes da polícia nas ruas, bem como 1350 militares. Vários atiradores furtivos – snipers – estão também nos telhados e as brigadas de desativação de explosivos estão em alerta.

 

 

Manuel Valls, primeiro-ministro francês, disse que o país está em “guerra contra o terrorismo” e pediu aos franceses que aderissem de forma “numerosa” às marchas, neste que será um evento “inédito” e “forte” para “mostrar o poder e dignidade dos franceses”.

 

sábado, 10 de janeiro de 2015

Créditos: AP Photo/Sunday Alamba, file

(Fotografia: AP Photo/Sunday Alamba, file)

 

Boko Haram dizimou a cidade nigeriana de Baga, naquele que é considerado o maior massacre da história deste grupo terrorista. Cerca de 2000 pessoas foram mortas.

 

Suspeita-se que o grupo terrorista islamita Boko Haram seja o responsável por um dos maiores massacres da história da Nigéria.

Cerca de 2000 habitantes da cidade nigeriana de Baga foram assassinados a sangue frio pelo grupo, que conseguiu dominar a região.

Quer a República de Níger como o Chade – vizinhos da Nigéria – que anteriormente tinham acordado em manter a segurança daquela região, já disseram que não irão prestar qualquer apoio nas operações militares para recuperar aquela cidade.

A agência Associated Press reporta que “centenas de corpos aindam continuam espalhados no meio do mato”.

Baga seria uma das últimas cidades do nordeste da Nigéria que ainda estava sob o domínio do governo.

Um porta-voz do governo nigeriano afirmou publicamente que “as forças de segurança têm respondido rapidamente” e que “foram implantados meios militares significativos”, na tentativa de recuperar aquela área. Também têm sido realizados “ataques aéreos contra alvos militantes”, afirmou a mesma fonte.

O grupo Boko Haram tem sido responsável por vários massacres na Nigéria. Muitas vezes, o grupo tem raptado crianças, obrigando-as a casar com os militantes. Foi o que aconteceu em abril de 2014, quando o grupo sequestrou 200 alunas de uma escola em Chibok, despoletando o movimento #BringBackOurGirls.

Na semana passada, a agência Lusa reportou que o movimento islamita teria raptado 40 rapazes no nordeste da Nigéria, com idades entre os dez e os 23 anos.

Os fundamentalistas dizem estar a lutar pela instauração de um Estado Islâmico no Norte da Nigéria, bem como pela rigorosa interpretação da lei islâmica, a sharia.

Em língua haussa, Boko Haram significa “educação ocidental é pecado”.

 

Nigéria – Grupo terrorista dizima 2000 pessoas em Baga

Créditos: AP Photo/Sunday Alamba, file

(Fotografia: AP Photo/Sunday Alamba, file)

 

Boko Haram dizimou a cidade nigeriana de Baga, naquele que é considerado o maior massacre da história deste grupo terrorista. Cerca de 2000 pessoas foram mortas.

 

Suspeita-se que o grupo terrorista islamita Boko Haram seja o responsável por um dos maiores massacres da história da Nigéria.

Cerca de 2000 habitantes da cidade nigeriana de Baga foram assassinados a sangue frio pelo grupo, que conseguiu dominar a região.

Quer a República de Níger como o Chade – vizinhos da Nigéria – que anteriormente tinham acordado em manter a segurança daquela região, já disseram que não irão prestar qualquer apoio nas operações militares para recuperar aquela cidade.

A agência Associated Press reporta que “centenas de corpos aindam continuam espalhados no meio do mato”.

Baga seria uma das últimas cidades do nordeste da Nigéria que ainda estava sob o domínio do governo.

Um porta-voz do governo nigeriano afirmou publicamente que “as forças de segurança têm respondido rapidamente” e que “foram implantados meios militares significativos”, na tentativa de recuperar aquela área. Também têm sido realizados “ataques aéreos contra alvos militantes”, afirmou a mesma fonte.

O grupo Boko Haram tem sido responsável por vários massacres na Nigéria. Muitas vezes, o grupo tem raptado crianças, obrigando-as a casar com os militantes. Foi o que aconteceu em abril de 2014, quando o grupo sequestrou 200 alunas de uma escola em Chibok, despoletando o movimento #BringBackOurGirls.

Na semana passada, a agência Lusa reportou que o movimento islamita teria raptado 40 rapazes no nordeste da Nigéria, com idades entre os dez e os 23 anos.

Os fundamentalistas dizem estar a lutar pela instauração de um Estado Islâmico no Norte da Nigéria, bem como pela rigorosa interpretação da lei islâmica, a sharia.

Em língua haussa, Boko Haram significa “educação ocidental é pecado”.